28 de março de 2010

Outra chance!


Qual a diferença entre sofrer um acidente e quebrar um braço ou sofrer um acidente fatal?
Simples, no primeiro caso você foi abençoado por apenas ter quebrado um braço, ganhou mais uma chance.
Às vezes nós não pensamos nas coisas de que fomos poupados, apenas no que nos aconteceu.
Quantas vezes você já não ficou por um triz de um acidente grave?
Mas o assunto começou assim por ter acontecido algo recentemente ao meu irmão, mas o objetivo deste texto é falar sobre todas as vezes que algo nos acontece e somos privados de algo pior, mas só sabemos reclamar, nunca agradecemos por termos sido poupados.
Nos preocupamos com um amassado no carro, mas esquecemos de agradecer por não termos sofridos nenhum dano.
Reclamamos por alguém nos ter roubado, mas não nos lembramos de ficar felizes por não termos sido assassinados.
Quantas pessoas no mundo passam por problemas graves, pessoas que passam a vida dependendo de aparelhos ou de ajuda dos outros, pessoas que mesmo assim continuam firmes e fortes, suportando toda a dor que a vida nos causa, pensando que poderia ser muito pior.
Material é material, dinheiro compra aquele objeto de novo.
Já o corpo nem sempre pode ser recomposto como um ralado ou fratura.
Temos que aprender a agradecer, pois somos abençoados todos os dias e nem percebemos, algo que nem vimos que poderia acontecer.
Parar para tomar um café na estrada e perceber que aquela parada te manteve vivo, pois logo a frente um acidente aconteceu.
Mas lembre-se que o auxilio que lhe garantiu a vida deve ser levado como aprendizado.
Não adianta achar que porque foi salvo uma vez, isso acontecerá de novo e de novo, quantas vezes você repetir o mesmo erro. Pelo contrário, talvez tenha sido apenas para te avisar de que algo pior pode acontecer, então agradeça e cresça!
Posso não ter utilizado as melhores expressões ou ter sido redundante várias vezes, mas o importante é o que quero passar com isso, pois enquanto foi apenas um susto que tomamos tudo bem, mas e quando algo realmente grave acontecer?
Acordem e pensem sobre suas vidas, veja se vale a pena o risco que tem corrido, pois o tempo está passando!
Postar um comentário