21 de dezembro de 2009

Dedicatórias (Sétima)


Agora falo de uma pessoa que acompanhou minha vida toda,
Na verdade são duas pessoas que vou falar em uma só dedicatória,
Mas são tão unidas e tão parecidas,
Que prefiro tratá-las como um.
Eles são fantásticos,
Me ensinaram muitas coisas,
Alias...
Uma correção aí,
Na primeira dedicatória que escrevi falei que minha mãe tinha limpado meu primeiro cocô...
Mas não...
Depois descobri a verdade,
Foi elaaaaa...
A mulher desse lindo casal que to falando hoje...
Eles sempre andaram juntos,
Quando um precisou, o outro apoiou,
Quando ela tinha crise de riso ao contar uma piada que nunca terminava,
Ele olhava pra gente e dizia: “Agora já era, só amanhã.”
Se alguém não acredita em amor eterno,
Eles são a prova viva disso.
Um amor que supera barreiras,
Confrontos,
Problemas físicos e emocionais...
Eles se ajudam e se amam,
Incondicionalmente!!!
Quando ela varre o chão,
Vem andando descalça pra vê se não sobrou nenhum pozinho...
Quando ele arruma alguma coisa,
Testa cem vezes antes de dizer. “Ta Pronto!”.
Eles são um casal que pode-se dizer PERFEITO!
Quando criança a gente ia pra casa deles se divertir...
Pascoa era alegria, escondiam os ovos e faziam agente procurar...
Natal...
Nossa, quanto presente...
Família...
Essa palavra tem um significado ainda mais forte quando eles estão por perto.
FAMILIA!!!
Amor...
Esperança...
Confiança...
Atenção...
Cuidados...
Eles conseguem segurar uma cidade sem pesar nos ombros.
Problema todos temos como sempre digo,
Mas eles também superam todos...
Quando digo todos,
Nem imaginam quantos...
Eu os amo...
Amor de pai e mãe...
Amor de irmão...
Amor de amigo...
Todos os tipos de amores em um só...
Amor de avô e avó!!!
Postar um comentário