5 de setembro de 2009

Dedicatórias (Terceira)

Só quem conhece pode dizer o que ele realmente é...

Quando eu precisei de força, ele me deu...

Quando eu precisei de ombro, ele me deu...

Quando eu tive medo, ele me ajudou a superar...

Quando eu arranjei inimigos, ele enfrentou todos...

Quando eu consegui uma conquista, ele me parabenizou...

Quando eu precisei de um amigo, novamente ali estava ele.

Inteligente, porém preguiçoso...

Esperto, porém radical demais...

Perspicaz, porém muito desatento...

Ele é o balanço exato do que é bom e do que é ruim...

Não sobra nenhum dos dois, porém também não falta nada...

Ele sempre consegue o que quer...

Falta de dinheiro não é problema para ele...

Quando moleque, queria ir para a Pantaneta...

Vendeu o celular que tinha para ter dinheiro para ir...

Conseguiu ir...

Se divertiu e quando voltou conseguiu rapidinho outro aparelho!

Quando quis um Skate para brincar...

Vendeu sua bicicleta...

Conseguiu o Skate e tomou muitos tombos!

Sempre dava um jeito de conseguir o que queria, e conseguia.

Um dia o moleque cresceu...

Quis casar...

Muitos disseram: “Não é a hora ainda, espera mais um pouco.”

Não...

Para ele era a hora exata...

Casou...

Se estava no momento eu não sei dizer...

Mas deu certo...

Como tudo o que ele quer...

Hoje ele tem uma esposa companheira...

Uma casa muito bonita...

Uma churrasqueira no fundo...

E um Gira Grill que eu ajudei a comprar de presente de casamento!

O que aprendi com ele? Devem estar se perguntando isso...

Aprendi a me virar...

Aprendi a me defender...

Aprendi a ser firme...

Aprendi a conquistar o que desejo...

Aprendi que nem sempre agente tem tudo o que quer...

Mas sempre podemos conseguir pelo menos um pouco do que não temos...

Aprendi a olhar para mim mesmo...

Aprendi a enfrentar o medo...

Aprendi a enfrentar obstáculos...

Aprendi que não devo correr a 100Km/H na Zahran...

Além de tudo isso eu também aprendi que violência só leva a mais violência...

Porque já passei por diversas situações ao lado dele!

Obrigado por tudo o que nem pensava ter me ensinado!

Postar um comentário